Pages

quinta-feira, março 17, 2011

Estudo: Panorama Bíblico - Juízes


Autor: Samuel, segundo a tradição judaica

Data: Incerta, talvez cerca de 1000 a.C.

Propósito: Mostrar os problemas com a falta de uma autoridade central em Israel, as conseqüências do pecado e a disposição de Deus em resgatar os que se arrependessem

Temas: Transigências, infidelidade, castigo do pecado, arrependimento, livramento

Conteúdo: Os maiores heróis no geral surgem em meio ao pios caos e confusão. Isto se aplica ao livro de Juízes, onde os verdadeiros heróis e heroínas são repentinamente chamados para salvar o poço e depois do povo ter caído em pecado. Com a conquista de Canaã pelos exércitos de Josué, as doze tribos de Israel se estabeleceram nas terras que lhes couberam. Eles não tinham rei terreno, porque Deus serviria como seu rei. Mas isto exigia que o povo seguisse e obedecesse a Deus – uma situação que raramente existia durante esse período. O povo em breve tornou-se infiel ao Senhor e começou a seguir as práticas de seus vizinhos pagãos. A fim de castigar a sua desobediência, Deus permitiu que esses vizinhos oprimissem os israelitas. Estes então se arrependeram e pediram que Deus os livrasse. O Senhor então levantou vários líderes entre eles para expulsar o inimigo. Esses líderes ficaram conhecidos como juízes. Eles não só derrotaram seus inimigos e os expulsaram da terra, como também fizeram com que os israelitas voltassem para Deus. Vez após vez, porém logo depois de libertados dos vizinhos opressores, o povo perdia o zelo por Deus e todo o ciclo recomeçava.

Esboço:
1.1 – 3.4 – Resumo de eventos
3.5 – 31 – Primeiros juízes – Otniel, Eúde e Sangar
4.1 – 5.31 – Vitória de Débora e Baraque
6.1 – 8.35 – História de Gideão
9.1 – 57 – História de Abimeleque
10.1 – 12.15 – Histórias de Tola, Jair, Jefté, elom e Abdom
13.1 – 16.31 – História de Sansão
17.1 – 21.25 – Anarquia na terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário